Quando o assunto é segurança, nunca é demais lembrar das regras e dicas para pilotar com tranquilidade, não é mesmo? Em maio, acontece a campanha Maio Amarelo, para promover a conscientização de motoristas, motociclistas, ciclistas e pedestres de que todos fazem parte do trânsito e contribuem para a segurança.

Nós apoiamos esse movimento e por isso separamos algumas dicas de segurança e de todos à sua volta no trânsito.

1. Capacete e acessórios de segurança

Que o capacete é a proteção primária do motociclista você já sabe. Mas não serve qualquer modelo.  Ao escolher, é importante analisar o tipo de pista a ser percorrida e a moto, tamanho e até a cor.

O capacete minimiza as chances de ferimentos graves em um acidente e também ajuda a proteger do vento. Ele deve estar devidamente afixado à cabeça, preso ao queixo por meio da cinta, sem folgas, e com a viseira totalmente abaixada. Na ausência dela, será necessário usar óculos protetor específico.

O acessório de segurança precisa ser certificado pelo Inmetro e deve ser aposentado sempre que receber forte impacto ou estiver com a altura da espessura da espuma do forro interno diminuída, o que compromete a proteção.

Além do capacete, usar vestuário com tecido mais grosso ajuda a proteger melhor o motociclista. Nada de chinelos ou sandálias. Há botas, jaquetas e calças específicas, com material mais resistente para evitar lesões. Existem também coletes refletivos para sobrepor às roupas comuns e tornar o motociclista mais visível na via, principalmente à noite. Não esqueça: uma das principais regras de segurança do trânsito é ver e ser visto. O uso de luvas nas mãos também é recomendado.

2. Limites de velocidade

É fundamental respeitar os limites, ainda mais em um veículo de duas rodas, que deixa o condutor mais vulnerável. Por isso, fique de olho na velocidade permitida na via em que você está.

Tenha atenção na pista. Estradas com pouca manutenção ou que são antigas pode ter pontos de desgaste – o que rapidamente se transforma em armadilha do trânsito. Fique atento a estes locais para que possa desviar ou atravessar com cuidado.

Se o seu destino reserva um trecho de estrada de chão, cuidado! Cascalhos na pista que ainda não se misturaram com a terra dificultam o equilíbrio e o controle da motocicleta. Por isso, procure manter aceleração constante e evite frear sem motivo.

3. Comportamento

Como dissemos antes, o motociclista precisa ser visto. Portanto mantenha o farol aceso também durante o dia, para facilitar que os motoristas possam vê-lo.

Fuja dos pontos cegos dos outros veículos e prefira manter-se à direita em pistas rápidas. Além disso, mantenha uma distância segura do veículo à sua frente.

Quanto à condução, o motociclista deve estar sentado, com as duas mãos no guidão e os pés sobre os pedais ou assoalho, no caso de scooter. Esqueça manobras perigosas.

4. Seta, retrovisor e freios

Se é um item essencial da moto, precisa ser usado corretamente, certo?

Então não esqueça a seta ligada ou de ligá-la. A sua função é comunicar. E como toda falta de comunicação é ruim, com a seta não é diferente.

Posicione o retrovisor corretamente e acompanhe as movimentações de maneira adequada. Ele serve não apenas ao mudar de faixa ou entrar em outra rua, mas também quando precisar reduzir a velocidade ou parar a moto em cada de emergência. Isso vai diminuir as chances de uma possível colisão por trás.

Aprenda a usar os freios para a sua segurança. Para isso, a dica é não usar a força total das mãos para o acionamento, pois isso pode fazer você perder o controle da moto. Outro macete importante se refere às curvas. Nessas situações, é o freio traseiro que deve ser usado em conjunto com a redução de marcha.

5. Revisão sempre

Fazer aquele check-up evita muitas dores de cabeça e falhas inesperadas. Confira sempre a calibragem e a aderência dos pneus, freios, buzinas, combustível, funcionamento do farol, entre outros itens importantes.

Três itens da moto podem derrubar se a manutenção for esquecida: pneus, luzes e relação de transmissão.

Gostou das dicas de segurança? Então vamos colocar em prática.

Conte com a gente para escolher o capacete e os acessórios para você e sua moto. E se chegou a hora da revisão, é só agendar o seu horário.

Quer mais dicas para a sua segurança e cuidados com a moto? Então acompanhe mais dicas aqui no nosso site e no Facebook e Instagram.

NOSSA CONCESSIONÁRIA